05/10/2021 às 14h18min - Atualizada em 05/10/2021 às 15h30min

Empresas familiares: qual o segredo para a longevidade?

Facilitar as interações familiares e ampliar o reconhecimento dos membros com o negócio, a propriedade e a família pode contribuir para que as empresas se mantenham estáveis no mercado por gerações

DINO
http://legadoefamilia.com/curso-governanca-familiar/
Algumas situações impedem a longevidade dos negócios familiares


Existem aproximadamente 190 empresas familiares centenárias no Brasil, segundo levantamento do livro "Empresas Centenárias Brasileiras". Mas qual o segredo dessa longevidade, considerando que em torno de 70 a 75% das empresas familiares têm uma expectativa de vida inferior a 25 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT)? O que essas organizações fizeram para se manter estáveis no mercado por gerações? Essas e outras questões relacionadas a empresas familiares serão abordadas na primeira edição do curso “Governança Familiar: facilitando as interações familiares e ampliando o reconhecimento dos membros com o negócio, a propriedade e a família”.

“Criamos esse curso para auxiliar as famílias em um tema que muitas vezes acaba sendo negligenciado, não por falta de interesse e sim por falta de informação sobre quais caminhos e mecanismos são necessários para encontrar a solidez da família empresária. Algumas situações impedem a longevidade dos negócios familiares como, por exemplo, a ausência de um documento que registre a histórias e os valores da família, a falta de mecanismos que aproxime as novas gerações e promova o senso de pertencimento desses membros, um conselho de família que trate exclusivamente dos assuntos da família, a falta de formação de herdeiros e o preparo de sucessores, a ausência de direcionamento para a sucessão do patrimônio e da gestão, a ausência de regras para a resolução de conflitos, além da falta de estratégia para administrar todo o patrimônio da família e suas demandas pessoais”, afirma Monique de Souza Pereira, Diretora Geral do Legado e Família, primeira comunidade destinada a empresas familiares do mundo que promove aprendizado e conscientização para a sustentação e sustentabilidade das organizações familiares.

Segundo pesquisa da KPMG de 2020, as principais preocupações das empresas familiares brasileiras para os próximos 3 anos que podem afetar de maneira substancial a continuidade dos seus negócios são: incerteza política e econômica, redução da lucratividade, inovação e disrupção tecnológica. Sabendo dessa demanda, o curso discutirá exemplos práticos que podem ser aplicados.

Um dos temas será a importância de desenvolver e aplicar um Conselho de Família e de Administração. Na Gerdau, por exemplo, uma das poucas empresas centenárias brasileiras, a boa administração exercida pela família Gerdau Johannpeter foi fundamental para a história de crescimento do grupo. A grande capacidade empreendedora da família, aliada à implantação de governança e a criação de um conselho de administração, transformaram a companhia em uma das principais multinacionais brasileiras, com presença em diversos países.

Além de criarem estruturas de governança, como Conselhos de Família, Consultivo e de Administração, as empresas centenárias desenvolveram e registraram formas de transmitir o legado, a histórias e os valores da família para as novas gerações e estabeleceram programas e atividades de formação dos seus herdeiros tanto para o papel de acionistas quanto para os cargos de gestão da empresa.

Curso Governança Familiar – Com duração de 12 horas, divididas em seis encontros ao vivo e online, o curso abordará temas inéditos e pouco abordados em Governança Familiar, trazendo assuntos para o fortalecimento das famílias empresárias e seus negócios, como: Protocolo de Família, mediação de conflitos, Conselho de Família, os desafios da passagem do bastão, preparação de herdeiros para atuação ou acompanhamento nos negócios, além de estruturas, pautas e requisitos para Conselho Consultivo, Conselho de Sócios, Conselho de Administração e Family Office.

O curso conta com instrutores e convidados como Adriana Rocha, mediadora de conflitos, coordenadora Adjunta de Empresas Familiares do IBGC Capítulo Rio de Janeiro e autora do Código de Conduta para Empresas Familiares; Marcelo Girade Corrêa, mediador da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem - CAMARB, da CAMES, e da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial – CBMAE; e Hugo Nisembaum, um dos criadores do Mapa de Talentos, um instrumento de assessment criado a partir da perspectiva da Psicologia Positiva, que identifica os principais talentos de uma pessoa e distingue de maneira clara as capacidades naturais da pessoa do que pode ser aprendido (conhecimentos, habilidades e experiências). O curso contará ainda com a presença de Dóris Wilhelm, conselheira Fiscal da Gerdau, Grupo Pão de Açúcar, entre outras grandes empresas; Patrícia Bentes, presidente do Conselho de Administração da Companhia Melhoramentos de São Paulo; e Mariana Brandileone; sócia-fundadora da Alocc Gestão Patrimonial.

As aulas têm início no dia 13 de outubro. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site legadoefamilia.com/curso-governanca-familiar/.

Serviço:

Curso Governança Familiar
Datas: 13, 14, 19, 21, 26 e 28 de outubro
Horário: das 10h às 12h (online ao vivo) - as aulas ficarão gravadas
Mais informações e inscrições: legadoefamilia.com/curso-governanca-familiar/



Website: http://legadoefamilia.com/curso-governanca-familiar/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://empreendebonfim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp