09/11/2021 às 12h02min - Atualizada em 09/11/2021 às 13h00min

Principais tipos de empreendedorismo encontrados no mercado

Falar sobre empreendedorismo é falar de negócios, inovação, competitividade. Quem é empreendedor conhece bem os desafios do mercado e tem a capacidade de enxergar oportunidades onde os outros não a percebem. É aquela grande diferença entre os que choram e os que vendem lenços.

DINO
https://www.upgestao.com.br/
Principais tipos de empreendedorismo existente


Estima-se que pessoas que possuem habilidades de negociação, inovação e espírito competitivo seguem o caminho do empreendedorismo. Seja para promover a melhoria da sociedade, criar novos negócios ou mesmo fomentar a inovação dentro da empresa em questão, empreender significa realizar, colocar ideias em prática. Os diferentes tipos de empreendedorismo se classificam a partir desse objetivo principal, que motiva os profissionais a fazerem diferente. Empreendedorismo social Deixando um pouco de lado a competitividade, o empreendedorismo social é uma proposta visa à melhoria através de iniciativas que promovam o desenvolvimento social e humano. O termo foi criado pelo empreendedor americano Bill Drayton (1943) e representa um importante método de transformação social. A busca por soluções inovadoras para as questões ambientais, sociais, culturais e econômicos motiva os empreendedores que trabalham por esse propósito. A missão é deixar um legado e impactar a sociedade de maneira positiva. O lucro aqui é colocado em segundo plano, mas isso não significa que as empresas e projetos de empreendedorismo social não sejam lucrativos, apenas que esse não é o objetivo principal do negócio. Empreendedorismo corporativo Também conhecido como intraempreendedorismo, é desenvolvido dentro das empresas, organizações e corporações. O objetivo aqui não é criar novos negócios e sim potencializar os resultados no local onde se está inserido, com foco na inovação. Com ações de identificação, desenvolvimento e implementação de novos projetos busca-se promover a melhoria do negócio como um todo para gerar vantagem competitiva e fomentar o crescimento. Aqui quem empreende são os próprios colaboradores, que trabalham em prol do negócio, o que inclui mesmo aqueles que não possuem cargos de chefia. Essa cultura empreendedora vem sendo cada vez mais incentivada nas empresas para criar soluções, desenvolver novos produtos e serviços e incrementar processos. Empreendedorismo individual Muitas organizações começaram no empreendedorismo individual, que tem como característica a criação de novas empresas e negócios. Também chamado de empreendedorismo de negócios, o foco aqui é atender uma demanda de mercado, tornar-se competitivo, conquistar novos clientes e, claro, lucrar. O profissional não conta com sócios e pode se formalizar como uma Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) ou Microempreendedor Individual (MEI). Nas duas situações, a iniciativa de empreender é de apenas uma pessoa. Esse tipo de empreendedorismo tem menor escala, abrangendo micro e pequenas empresas.



Website: https://www.upgestao.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://empreendebonfim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp